Blog

O que caracteriza uma amigdalite de repetição?

As amígdalas são carnosidades de tecido linfóide localizadas dentro da boca que participam do processo de proteção e formação de anticorpos. A amigdalite de repetição ocorre quando já um processo infeccioso recorrente nessa estrutura. Os agentes patológicos podem afetar de forma permanente as amígdalas e, nesses casos, é mais indicada uma cirurgia de retirada.

Os sintomas mais comuns incluem: dores de garganta e de cabeça, febre, desconforto ao engolir e pus na região (quando são inflamações bacterianas).⠀

Mas, o que caracteriza a amigdalite de repetição?

Também conhecida como Amigdalite Crônica caracteriza-se por um processo de amigdalite de repetição ou amigdalite recorrente. Nesses casos, os agentes patológicos podem afetar de forma permanente as amígdalas e provocar processos inflamatórios recorrentes.

Quais os sintomas da amigdalite?

  • Garganta inflamada e dor de garganta;
  • Dificuldade na deglutição;
  • Cefaleias ou dores de cabeça;
  • Mal-estar geral;
  • Febre;
  • Dor de ouvidos (mas observação por otoscopia costuma ser normal);
  • Voz alterada;
  • Amígdalas “inchadas”, com rubor e podendo apresentar placas esbranquiçadas na sua superfície (pus);
  • Halitose (mau hálito).

A duração da sintomatologia costuma variar entre 5 a 7 dias.

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *