Blog

5 consequências da apneia do sono

A apneia é caracterizada por interrupções temporárias na entrada de oxigênio durante o sono. Isso acontece porque os músculos da parte de trás da boca relaxam, bloqueando a garganta e a passagem de ar. Um de seus sinais mais comuns e barulhentos é o ronco.

Sendo uma doença bastante preocupante que pode atingir crianças, homens e mulheres em qualquer fase da vida, veja algumas consequências que a apneia do sono pode trazer:

  1. Aumento da pressão

O distúrbio provoca uma ativação exagerada do sistema nervoso autônomo, que controla o fluxo sanguíneo, perpetuando o problema cardiovascular.

  1. Prejudica os rins

A diminuição dos níveis de oxigênio, conhecida como hipóxia, está por trás do estresse oxidativo, aumenta a suscetibilidade de desordens nos rins.

  1. Pode causar pneumonia

Os primeiros segundos após o bloqueio da faringe são aflitivos. A respiração volta com tudo, junto com estrondos e engasgos. Isso abala a imunidade, facilitando uma possível pneumonia.

  1. Eleva o açúcar no sangue

A apneia do sono é capaz de alterar a ação da insulina, hormônio que permite à glicose entrar nas células.

  1. Prejudica o coração

Pessoas com o distúrbio possuem dificuldades para respirar durante a noite. O esforço para respirar causa uma forte pressão no peito e dificulta as batidas do coração.

 

Fonte: Saúde Abril

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *