Blog

Cuidados com alergias e otites no verão

Ouvido

verão é a melhor época do ano para ir à praia, visitar cachoeiras e mergulhar em piscinas. Além disso, fazemos uso exacerbado da água gelada, sorvetes, ar-condicionado e ventilador. Mas toda a diversão pode ser interrompida se alguns cuidados com ouvidos, garganta e nariz não forem tomados.

 

Quando se trata de entrar na água, os ouvidos são comumente afetados, sendo a otite externa o problema mais recorrente nessa estação do ano. A otite externa é justamente a infecção da pele do ouvido provocada pela exposição repetida e prolongada à água, comum no verão. As características são dor extrema, secreção (pus amarelo ou água), diminuição da audição e possível febre.

 

Nesses casos, o ideal é não tentar tirar – usar cotonetes que na verdade só irá empurrar ainda mais – e procurar um médico.

 

Nariz e garganta

 

Os casos mais comuns no verão quando se trata de nariz e garganta, são as dores e inflamação na garganta, nariz congestionado, gripe, sinusite e até uma pneumonia. Devido ao calor, o consumo de alimentos gelados e o uso de ar condicionado causam o ressecamento das vias nasais e vocais. Por isso, o ideal é fazer uso dessas ferramentas para se refrescar de forma moderada, como não ficar muito próximo a ventiladores, manter o ar ligado em no mínimo 22ºC e dar preferência a uma água levemente gelada.

 

Quem sofre de rinite ou sinusite deve aumentar o cuidado no verão. Cheiro de mofo em casas que passaram temporadas anteriores fechadas e cidades com alta umidade de ar podem ser um risco aos alérgicos. Para isso, é importante fazer a limpeza nasal para diminuir as impurezas que possam causar uma irritação futura.

 

Fonte: Estadão

 

Dê ouvidos a sua saúde! Marque uma consulta na Otocenter.

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *