Blog

25 de Abril é dia da Conscientização dos ruídos no ouvido

Poucas pessoas sabem, mas em 25 de Abril é comemorado o Dia Internacional da Conscientização dos Ruídos que estamos expostos todos os dias. Nessa data são feitas campanhas para que as pessoas se conscientizem sobre a importância de um tratamento adequado para audição, isso porque nem sempre o indivíduo com perda auditiva tem coragem para procurar ajuda e acaba vivendo um incômodo profundo diariamente.

Dia Internacional da Conscientização sobre Ruídos começou nos Estados Unidos em 1996. Um dos motivos para estabelecer a data foi para que a população tivesse mais acesso a informações relacionadas a saúde do ouvido e a perda da audição.

Esses pequenos ruídos que estão presentes na nossa rotina, sejam no ambiente de trabalho ou familiar, tem grande força para uma perda gradativa da audição, causando deficiência auditiva ou a perda total dela. Além disso, doenças como o Tinnitus, zumbido incômodo presente no canal auditivo, também são causados por exposição severa a ruídos intensos.

O ruído

Médicos especialistas na saúde auditiva afirmaram através de pesquisas que a exposição à ruídos intensos também estão relacionados a problemas como ansiedade, depressão, estresse, incômodo diário e outras condições que podem alterar diretamente o sistema nervoso central.

Essas ondas sonoras tem um efeito gradativo no corpo humano, podendo ocorrer uma perda auditiva lenta até não ouvir mais nada. Rotineiramente isso pode afetar pessoas que estão expostas a ondas de ruídos durante horas ou pouco tempo, como shows e trabalhos que exijam mexer com máquinas de barulho intenso. Nesses casos, é importante frisar a necessidade de protetores de ouvido para que não ocorra nenhuma perda gradativa da audição.

+ Problema no ouvido pode ser sinal de patologia ou infecção

Efeitos da exposição a ruídos

• Pode acontecer uma perda total ou temporária da audição, dependendo do nível da doença;

• Dificuldade em compreender diálogos das pessoas ao redor, causando isolamento que pode acarretar em doenças ligadas ao psicológico humano;

• Zumbidos constantes no ouvido, mais conhecido como Tinnitus;

• Insônia e estresse também estão relacionados a convivência com ruídos;

• Patologias que afetam a parte psíquica da pessoa como depressão, ansiedade e outros transtornos psicológicos;

• Tonturas e dores de cabeça também são sintomas recorrentes da perda gradativa da audição derivada de ruídos.

• Outro problema comum é observado nas alterações gástricas das vítimas de ruídos, além de doenças como hipertensão.

+ Zumbido em jovens pode indicar futura perda auditiva

Alguns hábitos diários também são extremamente importantes para a prevenção de uma possível perda gradativa da audição. Manter o volume da TV baixo ou no modo moderado, não utilizar fones de ouvido com os ruídos acima do recomendado (geralmente isso fica especificado no próprio celular), em casa de shows e eventos de muito barulho, procurar se manter longe de caixas de som e se possível levar com você um protetor de ouvido, procurar se afastar de lugares que contenham fogos de artifício e em comemorações não ficar por muito tempo exposto à esses tipos de ruídos que também se enquadram em barulhos como buzinas, tiros e equipamentos de volume intenso.

Fonte: Direito de ouvir

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *